Convênio Médico: como credenciar seu consultório junto às operadoras

Você sabe como credenciar seu consultório e começar a atender os pacientes de convênios médicos?
gbvsaude-credenciamento-convenio-medico
Compartilhe
Share on facebook
Share on whatsapp
Share on linkedin
Share on email

Fazer atendimentos a pacientes de convênio é uma das formas de começar a empreender no mercado de saúde, seja para jovens profissionais que procuram se inserir no mercado ou até mesmo para médicos experientes que buscam uma maior estabilidade financeira. O fato é que pode ser bem difícil fazer atendimentos particulares, mesmo a preço popular.

Por esse motivo, o convênio tem se tornado uma opção bem tentadora, mas você sabe como credenciar seu consultório junto às operadoras? E quanto às vantagens e desvantagens de atender aos convênios?

Não têm problema, nesse artigo vou mostrar toda a documentação necessária para credenciar seu consultório, assim como as vantagens e desvantagens de realizar atendimentos para planos de saúde.

Vale a pena se credenciar em convênios?

Primeiro precisamos entender se vale ou não a pena se credenciar a um dos vários convênios disponíveis, e claro, para avaliar isso temos que verificar alguns pontos importantes:

Conheça muito bem o convênio

Procure o máximo de informações sobre o convênio médico que você deseja se credenciar. É importante ressaltar que alguns convênios podem estar com situações irregulares, atrasos nos repassas dos valores aos médicos ou até mesmo podem pressionar os profissionais a não pedir exames médicos. Esse seria o exemplo perfeito de qual convênio não escolher.

Depois de avaliar o convênio, comece a pesar os prós e contras para decidir se vale mesmo a pena.

Prós e contras dos convênios médicos

Atender pacientes de um convênio médico é algo muito vantajoso para jovens médicos que estão tentando a se introduzir no mercado. Isso porque todos os dias são atendidos uma variedade considerável de pacientes, permitindo que ele tenha contato maior com o público e ganhe credibilidade.

Mas por outro lado, você terá que realizar as consultas de maneira mais rápida e “robótica”, isto é, seguir um procedimento padrão para conseguir atender a todos os pacientes, sem deixar de lado o bom atendimento.

Outro ponto negativo é que os convênios pagam um valor bem menor quando comparado ao das consultas particulares. Como consequência, os profissionais precisam atenderem um grande número de pacientes.

Documentos necessários para se credenciar

Para se credenciar seu consultório em um convênio você precisará primeiramente entrar em contato com o convênio que você escolheu e formalizar seu interesse através de um formulário que será fornecido pela operadora.

Você também precisará de alguns documentos que podem variar caso o cadastro seja feito por pessoa física ou jurídica.

Documentos necessários para cadastro de pessoas físicas

  • Cadastro de contribuinte mobiliário (CCM) ou ISS junto a prefeitura;
  • Cadastro nacional de estabelecimento de saúde (CNES);
  • Cédula de identidade médica (CRM);
  • Alvará de funcionamento fornecido pela vigilância sanitária;
  • Currículo completo;
  • Comprovante de conta bancária;
  • Informações e dados sobre o local de atendimento.

Documentação necessária para cadastro de clínica

  • CNPJ atualizado;
  • Contrato de reunião;
  • Cadastro de contribuinte mobiliário (CCM) ou ISS junto a prefeitura;
  • Contrato social;
  • Ata de reunião;
  • Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES);
  • Comprovante de pagamento de ISS;
  • Comprovante de pagamento da taxa de fiscalização;
  • Alvará da vigilância sanitária e de funcionamento;
  • Currículo atualizado de todos os profissionais da clínica;
  • CRM do profissional responsável;
  • Relação descritiva do corpo clínico;
  • Comprovante de conta bancária.

Vale lembrar que é muito importante verificar junto ao convênio qual a documentação exigida, uma vez que podem existir variação na burocracia e assim, na documentação necessária.

Após reunir toda a papelada necessária, envie a documentação para a operadora do convênio e aguarde a resposta.

Existe algum limite de credenciamento?

Essa é uma dúvida muito comum entre os profissionais que desejam se cadastrar em um convênio médico, e a resposta é não. Não existe um limite para o cadastramento de convênios, e o mesmo profissional ou clínica pode atender a dois, três ou quantos convênios quiser.

Entretanto, você não pode deixar de pensar na qualidade do serviço oferecido aos pacientes e nem no limite de atendimento da sua clínica. Por isso faça uma análise detalhada e veja se você ou sua clínica realmente podem atender pacientes de dois ou mais convênios.

E se o credenciamento não for aprovado?

A primeira coisa que você precisa saber é por qual motivo o credenciamento não foi aprovado. Geralmente a falta de algum documento é a causa mais comum.

Entretanto, também pode ocorrer de um profissional não ser aprovado por já estar credenciado em um convênio. Isso é algo contrário a medida provisória n°2.177-44/01.

Essa medida garante que os médicos e clínicas sejam cadastrados em quantos convênios lhe forem convenientes.

Uma alternativa aos convênios

Muitos profissionais acreditam que o convênio é a melhor opção de negócio pela dificuldade em conseguir atendimentos particulares. Mas o que poucos sabem é que essa dificuldade pode ser facilmente contornada com uma boa gestão e um excelente trabalho de marketing em saúde.

O melhor de tudo é que você não precisa fazer isso sozinho, clique aqui e deixa a gente te ajudar a alavancar o seu consultório!

Recomendamos estes artigos

Aproveite e leia outros artigos relacionados no nosso blog

Receba novidades sobre gestão, marketing e atendimento para instituições e profissionais da saúde

Preencha seu e-mail para se cadastrar!